quinta-feira, 27 de novembro de 2014

OLÉ Nº 342 JÁ NAS BANCAS




COMUNICADO APET - RESULTADO DA ASSEMBLEIA GERAL DE 26 DE NOVEMBRO 2014

 
No seguimento da Assembleia Geral da APET realizada ontem dia 26 de Novembro no Hotel Lezíria em Vila Franca, onde o principal motivo da mesma era a eleição de novos órgãos sociais, resultou no final da mesma, a eleição dos seguintes associados para os novos órgãos sociais da APET.
 
Assembleia Geral
 
Presidente; Sociedade Campo Pequeno
Vice-Presidente; Toiros & Tauromaquia
Secretário; Junta de Freguesia de Abiul
 
Comissão Directiva
 
Presidente; Paulo Pessoa de Carvalho, Unipessoal
Vice-Presidente e Tesoureiro; Tauroleve
Vice-Presidente; Verdadeira Festa
 
Conselho Fiscal
 
Presidente; Professor Doutor Jorge de Carvalho
Secretário; Toiro das Sesmarias
Relator; Sociedade das Campinas
 
Foi uma assembleia extremamente produtiva, houve definições importantes no que toca à profissionalização da estrutura executiva da APET, dando a esta mais condições de trabalho, criando assim forma de lhes poder ser exigido mais, quer no sentido de trabalho feito na promoção da actividade, quer na valorização dos seus associados.
 
A PRÓTOIRO foi tema de debate e resultou a consciência inequívoca da importância desta, sendo que há aspectos a melhorar e metodologias a corrigir, missão da qual a nova direção ficou desde já responsável em trabalhar nesse sentido.
 
Haverá uma reunião em meados de Janeiro de 2015, a assembleia geral ordinária, para fecho de contas 2014 e apresentação orçamento 2015, assembleia essa onde será apresentado um plano de trabalhos para o próximo ano. Ontem houve alguns aspectos já apresentados, mas após consolidação de ideias e conhecimento de todos os associados da APET na próxima assembleia geral, serão tornadas públicas algumas das iniciativas em carteira, que seguramente e atingindo as metas desejadas, irão definitivamente “mexer” com a festa de toiros em Portugal.
 
Serão estimuladas todas as relações institucionais com as restantes associações taurinas, tentando encontrar um caminho comum de elevação, promoção, dignificação e fortalecimento da festa de toiros.
 
Acrescentamos apenas e para terminar, que também se falou na relação com os OCS/Órgão de Comunicação Social e neste capitulo, também a APET pretende criar um canal privilegiado, unindo e não dividindo.
 
Obrigado pelo Vosso interesse, agradecemos a divulgação desta informação.
 
 
Pela direção da APET,
Paulo Pessoa de Carvalho
 
 

NOVA PROVEDORA DO ANIMAL DA CIDADE DE LISBOA ABUSA DA SUA POSIÇÃO E NÃO TEM CONDIÇÕES PARA SE MANTER NO CARGO

 
Tomou hoje posse como provedora do Animal da Câmara Municipal de Lisboa a senhora Inês Real. Na sua intervenção na tomada de posse fez a senhora Inês Real declarações falsas e atentatórias da cultura, economia e da história da cidade de Lisboa e dos lisboetas, mostrando não ter condições para ocupar este lugar.

Referiu a senhora Inês Real que “os lisboetas estão mais sensibilizados para os direitos dos animais e exemplo disso é o "decréscimo muito grande [nos últimos anos] da assistência aos espectáculos como circos e touradas".

No que concerne à tauromaquia esta situação é absolutamente falsa. Na verdade os espectadores de touradas na cidade de Lisboa subiram em 2014 cerca de 20%, como divulgou publicamente a Empresa do Campo Pequeno, num ano em que as sete transmissões televisivas de touradas pela RTP acumularam cerca de 3 milhões de telespectadores (fonte GFK/CAEM).

Estas declarações inadmissíveis correspondem a uma instrumentalização ideológica da função de provedora, procurando a senhora Inês Real usar o seu novo cargo para implementar uma agenda animalista e antitaurina, ultrapassando o dever de imparcialidade, boa-fé e de respeito pela legalidade que quem exerce um cargo público tem de ter.

Legalmente, tudo o que concerne a tauromaquia está completamente fora da alçada dos municípios, pelo que as declarações da senhora Inês Real são gratuitas, abusivas e mal-intencionadas.

Convém saber que a senhora Inês Real faz parte do Partido pelos Animais e pela Natureza e da plataforma antitaurina “Basta de Touradas”. No seu primeiro acto público, no momento da tomada de posse, revelou imediatamente que vai usar este cargo para fazer passar a agenda deste partido e desta plataforma antitaurina.

Esta é uma postura que não é admissível por quem exerce um cargo público. Assim a senhora Inês Real demonstra não estar à altura das funções públicas que lhe foram atribuídas, e não existe outra alternativa do que ser afastada do seu cargo.
 
A Federação Portuguesa de Tauromaquia e outras organizações relacionadas com o mundo animal irão tomar medidas junto do município da cidade de Lisboa sobre este gravíssimo caso, para que seja respeitada a cultura, legalidade e a liberdade dos Lisboetas.

PROTOIRO
Federação Portuguesa de Tauromaquia

Triunfadores da temporada 2014/ RP - programa 3 Tércios

 
Mais uma vez o Programa 3 Tércios, da Rádio Portalegre, distingue e premeia os triunfadores da Temporada 2014.
 
Aqui fica a lista dos seus premiados.
 
- Peão de Brega: António Telles Bastos
- Bandarilheiro: Cláudio Miguel
- Bezerrista: João Martins
- Novilheiro: Manuel Dias Gomes
- Ganadaria: Fernandes de Castro
- Aficion: Nuno Narciso (cornetim)
- Homenagens: G.F.A.Lisboa pelos 70 anos de atividade, G.F.A.Portalegre pela passagem dos 45 anos de actividade e a Nuno Marques antigo cabo do G.F.A.Chamusca
-Troféu Prestígio: Rui Salvador pela passagem dos seus 30 anos de alternativa
- Grupo de Forcados: Amadores de Montemor
- Melhor Forcado: João Tavares (GFA Montemor)
-Empresa: Campo Pequeno
- Cavaleiro praticante: Luís Rouxinol Jr.
- Triunfador da Temporada: Rui Fernandes e João Moura Jr.
-Triunfador dos triunfadores: Maestro Joaquim Bastinhas

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

DIA DA TAUROMAQUIA NA ILHA TERCEIRA (AÇORES)

A Ilha do Toiro – Plataforma de Promoção da Cultura Taurina convida-o(a) a participar no Dia da Tauromaquia, a celebrar no dia 22 de Novembro.
A iniciativa constará de um desfile de todos os intervenientes da Festa Brava pela Rua da Sé, seguido de homenagem na Praça Velha de:
Ganaderos das várias ilhas, Capinhas, Pastores, Delegados Municipais, Associações Ganaderas, Forcados, Bandarilheiros, Cavaleiros, Médicos Veterinários e Directores de Corrida, Director de Curros, Emboladores, Corneteiros, Timbaleiros, Moços de Arena e de Touril, Tertúlias e Filarmónicas.

A Tauromaquia é a nossa cultura!

Participe!


JOÃO RIBEIRO TELLES VAI FAZER TEMPORADA MEXICANA

O cavaleiro João Ribeiro Telles vai em breve apresentar-se no México fazendo campanha neste país durante o mês de Dezembro.
João Ribeiro Telles contará com o apoio da rejonadora mexicana Mónica Serrano, ficando sedeado na sua herdade durante esta campanha, onde também decorrerão os treinos de preparação. 
Os representantes do cavaleiro no México são Henrique Fraga e Ruben Ortega. Neste momento estão já confirmadas 3 corridas estando previsto um conjunto de cerca de seis corridas. Em breve serão anunciados todos os pormenores, incluindo os cartéis e os locais das corridas. 

João Ribeiro Telles vai partir para o México já no próximo dia 28 de Novembro para iniciar a preparação do seu primeiro compromisso que se realiza no dia 7 de Dezembro.

Todos os detalhes em www.joaoribeirotelles.com 

O primeiro cartel de João Ribeiro Telles no México

Comunicado de Imprensa remetido pela empresa responsável pela primeira corrida do Cavaleiro João Ribeiro Telles, na sua campanha mexicana.

COMUNICADO

No dia 19 de Novembro, fez-se uma conferência de imprensa no restaurante "La Jarana" para dar a conhecer a primeira corrida de toiros do projeto "El Arte de ser Forcado". A Câmara Municipal de Ixil, Yucatán e a praça de toiros "La Española", convidaram os meios de comunicação para conhecer este importantíssimo projeto de forcados no México.

Foi anunciada a corrida, onde como cabeça de cartaz atuará a figura do toureio em Portugal, João Ribeiro Telles, que lidara toiros que irão ser pegados num "mano a mano" pelos valentes grupos de Forcados Amadores de Lisboa e os Forcados Hidalguenses. A pé, para rematar este importante cartaz, apresenta-se o matador de toiros mexicano Antonio García "El Chihuahua".
Vão ser lidados seis imponentes toiros de Puerta Grande. É importante mencionar que o grupo de Forcados Amadores de Lisboa está em festa, pois este ano comemoram os 70 anos da sua fundação. Como parte das celebrações de aniversário, vão fazer as cortesias em terras aztecas partilhando a sua arte com a afición mexicana.
A corrida irá ser dia 7 de Dezembro as 16:30 Hrs. na praça de toiros "La Española" de Ixil, Yucatán.


Nota de imprensa - Vasco Taborda apodera João Salgueiro da Costa
















O cavaleiro praticante João Salgueiro da Costa passa a ser apoderado, a partir desta altura, pelo antigo cavaleiro tauromáquico Vasco Taborda. (Ao centro na foto)

Este acordo, celebrado por tempo indeterminado, vai permitir ao jovem toureiro e apoderado desenvolver um trabalho aprofundado, rumo à consolidação da carreira do cavaleiro de Valada do Ribatejo.

A partir da próxima temporada, será então desenvolvido um projeto único em redor da carreira de João Salgueiro da Costa, contando o toureiro e apoderado com o apoio de todos os agentes da festa de toiros.

Cumprimentos

João Salgueiro da Costa                              Vasco Taborda

Colóquio sobre o “Balanço da Passagem da Empresa Tauroleve pela Palha Blanco”


Na sequência de outras atividades várias que tem vindo a desenvolver no passado e se projetam para o futuro – como a homenagem a Dário Venâncio no próximo fim-de-semana e a “Prova de Vinhos”–, o Clube Taurino Vilafranquense organizou no dia 21 de Novembro de 2014, na sua sede, um colóquio sobre o “Balanço da Passagem da Empresa Tauroleve pela Palha Blanco”. O colóquio foi precedido de um jantar que juntou quase trinta participantes, número que cresceu com aqueles que, pelas 21:00, se juntaram para participar no debate. O Presidente da Direção António João Amaral agradeceu a presença de todos e anunciou os eventos que se estão a preparar e que muito prometem para animar a “temporada de Inverno” em Vila Franca de Xira.O Colóquio que se seguiu foi moderado pelo Diretor de Corrida e forcado (já retirado do ativo) vilafranquense Ricardo Pereira, que dirigiu os trabalhos com a sobriedade e eficácia que lhe é reconhecida na direção de corridas.

A primeira intervenção foi a do Maestro António Ribeiro Telles, que realçou a excelente relação, de grande respeito mútuo, que sempre manteve com Ricardo Levezinho, o seu pai Augusto e o irmão Rui. Destacou-se a declaração de que foi na Palha Blanco, em 2013, quando a empresa o contratou para a histórica corrida em que se encerrou com seis toiros, que melhor se sentiu como cavaleiro tauromáquico em toda a larga trajetória profissional.
O Vice-Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Fernando Paulo Ferreira, interveio para se referir ao balanço muito positivo que a edilidade faz do trabalho da empresa Tauroleve, incluindo não apenas a montagem das corridas, mas também ao nível da organização das esperas de toiros. Salientou a perceção que tem de se viver um momento de crescendo no ambiente aficionado de Vila Franca, terra de inequívoca identidade taurina, apelando a que todos os agentes relevantes, desde as autarquias à empresa e da Misericórdia às Tertúlias, se envolvam num projeto comum.

O Senhor Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca de Xira, Carlos Caetano Dias, relembrou uma vez mais a importância que a instituição atribui à preservação, conservação e gestão da Praça de Toiros Palha Blanco e revelou que a mensagem recebida de Ricardo Levezinho na qual transmitia a intenção de desistir da posição detida na gestão deste importante palco da tauromaquia nacional, se mantinha sem resposta, porque é sua esperança que o empresário reconsidere a sua posição.



Ricardo Levezinho agradeceu as palavras simpáticas que ouviu, sublinhou as dificuldades superadas ao longo das 7 (sete!) temporadas ao leme da Palha Blanco, mas também o prazer de ter servido a sua terra, de ter respeitado a sua própria afición e, acima de tudo, de ter sabido respeitar toda a gente e, antes de mais, os seus valores, a si próprio e aos seus familiares. Da assistência destacou-se uma intervenção do Sr. José Pereira, sócio do CTV e moço de espadas profissional, que após uma incisiva análise do trabalho de mérito desenvolvido pela empresa Tauroleve, deixou registo do elevado patamar de exigência e seriedade em que esta empresa deixou a Palha Blanco. Uma herança difícil para quem vier a seguir, se Ricardo Levezinho não se demover da sua intenção.Entre todos os intervenientes e assistentes ficou expressa uma ideia bem clara: a afición vilafranquense faz uma avaliação positiva do trabalho de Ricardo Levezinho e da Tauroleve, deixando um apelo sentido para que reconsidere a sua posição e se mantenha no comando desta tão exigente e difícil, mas também tão amada e desafiante, centenária Praça de Toiros Palha Blanco






Texto: Dr. Luís Capucha
Fotos: Fernando Clemente

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

JANTAR E GALA DO JORNAL OLÉ

NÃO PODE FALTAR! 
Ligue já para marcar a sua reserva. 


sexta-feira, 14 de novembro de 2014

TROFÉUS PORTA DOS SUSTOS

Tal como no ano passado, o Porta dos Sustos volta a premiar os triunfadores da temporada que terminou no passado dia 2 de Novembro em Évora. 
Já estão escolhidos os nossos premiados, que brevemente anunciaremos. 
O jantar de entrega dos troféus será em janeiro, em data e local a anunciar, mas, podemos desde já informar que o local será em terras Alentejanas. 
Após uma temporada extensa e bastante preenchida, escolhemos os nossos premiados, baseados no que para nós, foram os artistas que mais se evidenciaram pela positiva durante toda a temporada. 
Os nossos triunfadores serão anunciados brevemente. 


Apresentação do Dia da Tauromaquia - Terceira - Açores

Foi apresentado hoje, na sede da Tertúlia Tauromáquica Terceirense, o “Dia da Tauromaquia” que terá lugar no próximo dia 22 de Novembro de 2014 na cidade de Angra do Heroísmo.
A iniciativa acolherá uma homenagem a todos os intervenientes da Festa Brava Açoriana. Tal como referiu a Presidente da Associação Regional de Criadores de Toiros da Tourada à Corda, Laura Sousa, durante a conferência de imprensa, este será mais um evento taurino de elevado interesse, com o intuito de valorizar e sublinhar a importância da Festa Brava no seu contexto regional.
O Dia da Tauromaquia é um evento organizado pela Plataforma Ilha do Toiro e irá reunir cerca de 500 participantes da Festa Brava Açoriana num desfile que irá sair do Alto das Covas pelas 20h00, passará na Rua da Sé e irá terminar na Praça Velha. Após o desfile irá proceder-se a uma simbólica homenagem aos intervenientes da Tauromaquia Açoriana. Este desfile taurino irá reunir participantes de todas as ilhas da Região Autónoma dos Açores onde existem manifestações taurinas, nomeadamente ilhas Terceira, São Jorge, Graciosa, Pico e São Miguel. Entre eles estarão presentes ganadeiros, pastores, cavaleiros, forcados, bandarilheiros, delegados técnicos, capinhas, emboladores, corneteiros, timbaleiros, moços de arena e touril, bandas filarmónicas, associações taurinas, tertúlias, entre outros.
Encerrou a conferência o Presidente da Tertúlia Tauromáquica Terceirense, Arlindo Teles, que frisou o carácter de união que o Dia da Tauromaquia deverá trazer para os intervenientes da Festa Brava nos Açores.




ATENTADO AO PATRIMÓNIO: Presidente da CM de Viana do Castelo tenta de forma dissimulada demolir a histórica praça de toiros de Viana do Castelo.

ATENTADO AO PATRIMÓNIO: Presidente da CM de Viana do Castelo tenta de forma dissimulada demolir a histórica praça de toiros de Viana do Castelo.


São Graves as notícias que chegam de Viana, onde o presidente de da CM está a tentar mais uma manobra dissimulada para atacar a tauromaquia, com o objectivo de demolir a belíssima praça de toiros da cidade, edifício histórico, que faz parte da memória colectiva desta cidade. 

José Maria Costa revela uma vez mais aquilo a que sempre nos habituou: um profundo desprezo pelas liberdades, pela cultura e pelo património dos Vianenses e do nosso país. De uma forma baixa, vai pagar a um instituto para que este no fina lhe diga o que ele pretende, ou seja, a ordem de demolição. 

A Praça foi deixada ao abandono por Defensor Moura e José Maria Costa para abrir caminho à estratégia de demolição. Na verdade a praça precisa de obras de recuperação, normais num edifício antigo, sendo que existe uma proposta, apresentada em Assembleia municipal, por parte de um consórcio Luso-francês, que pretende comprar a praça e transformá-la num espaço multiusos, como o Campo Pequeno, sem qualquer custo para o município. 


José Maria Costa usa esta estratégia para se vingar dos Vianenses pelas derrotas consecutivas que tem sofrido da parte da aficion local.

Esta manobra já está a ser denunciada pelo movimento cívico local "Vianenses pela Liberdade". A Protoiro está a analisar os detalhes da situação a estudar as possíveis medidas a tomar. Em breve daremos mais informações.

PROTOIRO
Federação Portuguesa de Tauromaquia


PRESIDENTE DE VIANA PREPARA-SE PARA ATENTAR CONTRA O PATRIMÓNIO DA CIDADE DE VIANA

José Maria Costa está a urdir um plano para se vingar dos aficionados e tentar demolir a praça de Touros de Viana, atentando contra o património e história da nossa cidade.


Depois de pelo terceiro ano consecutivo José Maria Costa sair completamente derrotado pela força da cidadania vianense e, as touradas estarem pedra e cal em Viana, José Maria Costa planeia agora vingar-se estando a urdir um plano para tentar demolir a praça de touros da nossa cidade.

José Maria Costa já demonstrou ser uma pessoa sem escrúpulos, humilhando-se perante os tribunais, desprestigiando a figura de Presidente da Câmara, e envergonhando os Vianenses com as suas manobras intimidatórias, indignas de um país democrático.

Em 2009 a Câmara Municipal comprou a Praça de Toiros de Viana por 5 mil euros deixando-a ao abandono, numa manifestação de desrespeito pelo património e história desta cidade. Como se tal não bastasse, pretende agora inventar uma desculpa falsa para tentar demolir a praça de toiros, com o objetivo único de apagar a centenária história taurina de Viana, numa praça que resultou do esforço de várias gerações de Vianenses, que concretizaram o sonho de ter uma praça de alvenaria na nossa cidade, que tem uma das mais longas histórias taurinas de Portugal remontando pelo menos a 1609.

José Maria Costa vai pagar, por ajuste direto, a uma organização para esta lhe dizer o que ele pretende sobre o estado da nossa praça de touros para que a possa demolir. Qualquer problema que a praça de touros possa ter pode ser facilmente resolvido com obras de recuperação, algo que Defensor Moura ou José Maria Costa nunca fizeram, pois deixaram a praça no mais completo abandono.

A Câmara Municipal de Viana, devido à gestão ruinosa do município, encontra-se numa situação trágica com uma dívida astronómica de muitos milhões de euros. Por isso queremos que a praça seja devolvida à cidade de Viana pelo que, como já comunicamos na Assembleia Municipal, temos uma proposta de um consórcio Luso-Francês que pretende investir 100 mil euros na compra da nossa praça, para a recuperar e transformar num espaço multiusos, criando emprego, riqueza e dinamismo na nossa cidade, sem qualquer custo para o município.

Estamos vigilantes e vamos recorrer a todos os meios legais para que José Maria Costa seja impedido de levar o seu plano de demolição da cultura e história de Viana avante. O povo é quem mais ordena e vamos impedir que a barbárie se sobreponha ao respeito pela cultura e pela história.

Movimento Cívico Vianenses pela Liberdade

http://touradasemviana.com/

PROTOIRO envia carta ao Embaixador da Colombia em Portugal


A Sua Excelência o Senhor
Embaixador da República da Colômbia,
D. Germán Santamaría Barragán

Porto Alto, 11 de Novembro de 2014

Excelência,

Realiza-se amanhã, dia 12 de Novembro, uma manifestação multitudinária e internacional do mundo da tauromaquia, junto da praça de toiros de Santa Maria em Bogotá, com o objectivo de reivindicar os direitos e liberdades dos aficionados no país de Vossa Excelência.

A Federação Portuguesa de Tauromaquia, PROTOIRO, vem, junto de Vossa Excelência, mostrar o apoio a esta iniciativa popular e mostrar a nossa preocupação com as violações de direitos e liberdades que têm reiteradamente sido realizadas pelo autarca da cidade de Bogotá, Gustavo Petro que, de forma arbitrária e ilegal, encerrou a histórica praça de touros de Santa Maria aos festejos taurinos.
.
A Corte Constitucional da Colômbia, no dia 2 de Setembro do presente ano, veio dar razão aos direitos dos aficionados e condenar as acções de Gustavo Petro. De acordo com a lei, vimos manifestar o nosso apoio e preocupação com o cumprimento desta sentença, perante as constantes tentativas de Gustavo Petro em inviabilizar a sua aplicação. A República da Colômbia é um estado de direito democrático, pelo que se espera o escrupuloso cumprimento das leis, no respeito pelos direitos e liberdades dos seus cidadãos. Caso tal não sucedesse seria um grave atentado aos direitos humanos. 

Nessa mesma manifestação será enviada uma mensagem ao Congresso da República apelando a que este reconheça a tauromaquia como Património Cultural Imaterial da Colômbia, de acordo com a Convenção da UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial.  

Reiteramos também a homenagem aos oito novilheiros que desde o dia 5 de Agosto se encontram em greve de fome, junto à praça de Santa Maria em Bogotá e que, de uma forma heróica e com o risco da sua própria vida, lutam pela liberdade e pelos direitos humanos, contra o autoritarismo e a ilegalidade, sendo um exemplo para todo o mundo.

Subscrevemo-nos com os melhores cumprimentos,
A Direcção da Protoiro,
João Santos Andrade
Presidente da Associação Portuguesa de Criadores de Toiros de Lide
João Ribeiro Telles
Presidente da Associação Nacional de Toureiros
José Fernando Potier
Presidente da Associação Nacional de Grupos de Forcados
Paulo Pessoa de Carvalho
Presidente da Associação Portuguesa de Empresários Tauromáquicos

Arlindo Telles
Presidente da Tertúlia Tauromáquica Terceirense

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Actividade da Academia de Toureio do Campo Pequeno



Actividade da Academia de Toureio do Campo Pequeno
  
Prosseguindo na sua aposta de desenvolver o toureio a pé,a empresa do Campo Pequeno manteve em actividade a Academia de Toureio do Campo Pequeno, sob a direcçãodo Bandarilheiro Américo Manadas, enquanto desejamos a recuperação e o consequente regresso à actividade do Maestro Jose Luis Gonçalves.

Para além dos treinos que efectuam três vezes por semana, no Campo Pequeno, os alunos (cerda de duas dezenas) que habitualmente frequentam as aulas, foram convidados por vários ganaderos a participar nas tentas das suas ganadarias.

Ganadarias que facultaram os seus tentaderos a alunos da Academia de Toureio do Campo Pequeno

Ganadaria
Ascensão Vaz
Luis Rocha
Prudêncio
Pinto Barreiros
Jorge de Carvalho
Irmãos Carreira
Manuel Veiga
Mário e Herd.s Manuel Vinhas
José Luis Cochicho
São Torcato
Canas Vigouroux
Herds. António Slva
Brito Paes


Nota: Sérgio Nunes participou na tenta pública realizada a 18 de Outubro, em Beja, no âmbito do certame Bejabrava.

Os dois alunos em fase de preparação mais adiantada, Diogo Peseiro e Sérgio Nunes, participaram em novilhadas em Portugal, Espanha e França, com assinalável êxito, demonstrando apreciável evoluçãoartística.

Actuações de Diogo Peseiro em 2014

Portugal
Espanha
França

22 Mar. Bolsin de Zamora
4 Mai Bolsin Taurino de Bougue
19 Abr. Serpa
29 Mar. Huelva
6 Jul Eauze
25 Abr. Sobral M. Agraço
24 Ago. Arauzo de Miel
17 Jul. Mont-de-Marsans
10 Mai. Abiul
27Ago. Aldea d’Ávila de la Ribera

19 Jun. Campo Pequeno




Actuações de Sérgio Nunes em 2014

Portugal
Espanha

22 Mar. Bolsín Taurino de Zamora
12 Abr. Alcáçovas
25 Ago. Alalpardo (Madrid)
1 Mai. Cartaxo
4 Out. San Juan de la Nava (Àvila)
24 Mai. Moita do Ribatejo

8 Jun. Cabo da Lezíria (V. Franca de Xira)

17 Set. Moita do Ribatejo

10 Out. Vila Boim


Até ao final do ano, a Academia de Toureio do Campo Pequeno prosseguirá as suas aulas (segundas, quartas e quintas-feiras), estando sempre aberta à inscrição de novos alunos.


Campo Pequeno, 6 de Novembro de 2014

JORNAL OLÉ JÁ NAS BANCAS

Jornal Olé, já nas bancas. 
Saiba quem são os triunfadores da temporada 2014. 

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

CRÓNICA DA ÚLTIMA CORRIDA DA TEMPORADA EM ÉVORA

A arena de Évora foi palco para o encerramento da temporada de 2014.
Por ela desfilaram os cavaleiros Rui Salvador, Luis Rouxinol, Francisco Núncio, Vitor Ribeiro, Tomás Pinto, Mateus Prieto e Rouxinol Jr, acompanhados das respectivas quadrilhas. Forcados Amadores de Évora e Aposento da Moita e ainda os campinos João Carvalho, Osvaldo Pinto e Mário Gordo a estrela da companhia que recolheram a cavalo, e bem, os sete imponentes toiros de Fernandes Castro.
A corrida iniciou-se ao som da Banda Imparcial 15 de Janeiro de Alcochete que sem pretender menosprezar as demais é  a melhor de Portugal, a sua sonância e harmonizidade são de outra Galáxia.
TRIUNFO GANADERO
António Luis Castro enviou para Évora sete imponentes toiros que à excepção do primeiro saiu à arena um pouco apalpado retirando-lhe algum impede nas investidas, todos os outros proporcionaram aos cavaleiros excelentes condições de lide que uns aproveitaram de sobremaneira e outros passaram ao lado.
CAVALEIROS
Todos os intervenientes deram certamente o melhor de si, mas nem todos por diversos motivos atingiram o brilhantismo pretendido.
LUIS ROUXINOL
O cavaleiro de Portugal, Pegões é demasiado limitado para absorver tamanha imensidade toureira.
Ao tentar comentar a actuação de Luis, sinto enorme dificuldade em escolher adjectivos para a definir. Ela foi magistral, assombrosa, prodigiosa, eu sei lá, foi um recital, um culto à arte marialva. Se as sortes foram executadas primorosamente que dizer da brega, com o toiro embevido no capote, perdão, na montada a escassos centímetros, quiçá mesmo milímetros sem tocar na dita é algo que a minha escassa cultura taurina não permite definir, mas penso que a palavra MAGIA não fica fora de contexto.
TOMÁS PINTO
Que toureirazo está transformado este jovem. O seu requintado toureio, a perfeição com que executa as sortes, a harmonia dos recortes mas sobretudo a constante evolução que revela de corrida em corrida serão certamente poderosos argumentos nesta cavalgada rumo ao pódio.
ROUXINOL JR
Ao receber o toiro em sorte de gaiola Luis André disse aos presentes a razão da sua inclusão no cartel.
Porém no decorrer da lide que estava a ser empolgante, o jovem cavaleiro sofreu uma violenta colhida, felizmente sem gravidade. Sem querer ser mauzinho penso que estes percalços desde que não deixem mazelas, são bem vindos, fazem parte da aprendizagem e o jovem toureiro irá certamente tirar as devidas ilações.
Após a colhida Luis André encastou-se e ministrou uma lide raçuda salpicada de arte que resultou num enlace perfeito com desfecho triunfal.
AMADORES DE ÉVORA
Tarde triunfal dos Amadores de Évora com excelentes prestações dos caras e ajudas, mas o destaque foi para Gonçalo Rovisco com um pegão que fica gravado na mente de todos os que tiveram o privilégio de assistir.
APOSENTO DA MOITA
Três pegas aceitáveis onde foi notória a falta de rotina nas ajudas, facto a que não será alheio o reduzido número de corridas em que participou.

José Luis Figueiredo
 
Copyright © 2013 PORTA DOS SUSTOS