quinta-feira, 15 de setembro de 2016

MOITA DO RIBATEJO PRIMEIRA CORRIDA DA FEIRA - CRÓNICA POR JOSÉ LUIS FIGUEIREDO


A ganadaria, Guiomar Cortes Moura,é como se diz na gíria, uma produtora de toiros "à medida", toiros esses, bem do agrado dos toureiros, pois investem com nobreza, sem demasiado ímpeto, o que permite, lides templadas e artísticas bem do agrado dos aficionados. Porém nos três primeiros, "à medida" lidados ontem na Daniel do Nascimento o "metro" foi curto, faltou-lhe centímetros, (ímpeto e transmissão na investida), privando toureiros e forcados de "chegar à bancada", apesar de excelentes prestações.
Diz o povo que, não há fome que não dê em fartura e foi isso que aconteceu, na segunda metade da corrida, saíram à arena, três excelentes toiros, um deles merecia regressar a casa, os toureiros agradeceram e foi um desfilar de momentos mágicos.

                                                       CAVALEIROS
LUÍS ROUXINOL - Grande actuação, sobretudo, a ferragem curta, montando a Viajante, "acordou" o público, que jamais pegou no sono.
DIEGO VENTURA - Com o Nazari, recebeu em sorte de gaiola, que resultou brilhante era o mote para uma actuação histórica. A uma brega envolvente, levando o toiro embebido na montada, aqui e ali salpicada com adornos de rara beleza, adicionou ferros de antologia, a receber, a atacar, a bater ao piton contrário, um infindável naipe de coisas belas. Isto é magia.
MOURA CAETANO - Não sabemos, o que veio à mente do João, após a fantástica actuação de Diego, mas de algo temos a certeza, entrou em praça com vontade férrea de triunfar quis sair pela porta grande. Com o Aramis, imponente nos compridos e com curtos de arrepiar no Temperamento, embalou-nos num recital de toureio, que deixou a assistência rendida à sua (nossa) arte.

                                                        FORCADOS
Tarde de acerto para o Aposento da Moita, foram solistas Miguel Fernandes, Salvador Pinto Coelho, João Ventura, Ruben Serafim um forcado em ascensão, o cabo José Maria Bettencourt na pega da tarde é um forcadão este jovem e Bernardo Cardoso também ele um bom plano.

José Luís Figueiredo
 
Copyright © 2013 PORTA DOS SUSTOS