sábado, 5 de novembro de 2016

OUTROS TEMPOS - RÚBRICA DE INVERNO POR JOSÉ LUIS FIGUEIREDO



Quem me conhece sabe bem que não sou saudosista a frase no nosso tempo não faz parte do meu vocabulário,
saudades tenho, sim, dos amigos e familiares que partiram e aqui para nós, que ninguém nos ouve ( lê) do tempo,
em que atava os sapatos sem malabarismos, o resto são cantigas, são etapas de uma vida, vivida com intensidade
e como narra o poeta tudo o vento levou. vem isto a propósito do titulo desta pertença rubrica de inverno, na qual
irei periodicamente abordar coisas da nossa festa,  sobre as quais tenho opinião divergente sem contudo pretender
ser dono da razão.
Primeiro capitulo será dedicado à batota, uma nova forma de (não) pegar os toiros.

Até breve
José Luís Figueiredo

Foto: D.R. 
 
Copyright © 2013 PORTA DOS SUSTOS