quarta-feira, 5 de julho de 2017

S. ANTÓNIO DAS AREIAS UMA "MAÇADA" DE SÃO TORCATO.


O espectáculo de Santo António das Areias ficou marcado pelo mau jogo dos hastados de "São Torcato". Manços em maior ou menor grau, a verdade é que em nada colaboraram com os toureiros. Dentro do mansidão, os menos maus foram os saídos em 4º e 5º lugares, respectivamente para Rui Salvador e Marcos Bastinhas. De Rui Salvador ficou a entrega do cavaleiro de Tomar face á quadra que tem condicionado as suas actuações. Salvador mantém a chama da sua aficion e ilusão viva, daí que no segundo do seu lote tenha conseguido o melhor das suas actuações. Marcos Bastinhas a estrear uma montada nova nos compridos, uma égua de nome "Graciosa", com o ferro da casa, esteve por cima do seu oponente. No entanto seria no seu segundo e quarto da noite, que rubricou uma lide redonda, a qual foi de muito agrado do publico. Não houve par de bandarilhas, mas deu continuidade á sua actuação com dois ferros de palmo, montado no cavalo de pelagem preta, montada com a qual vem alcançando muitos sucessos. Quanto aos Grupos de Forcados Amadores de Coimbra e Arronches tiveram equitativamente uma prestação razoável. O matador de toiros Fernando Roca Rey, tal como os cavaleiros, teve por diante dois mansos de solenidade, os quais não permitiram ao peruano mostrar a mais valia do seu toureio. Dirigiu sem sobressaltos o senhor Marco Gomes.
                                                               
                                                                                          Rui Pessoa




 
Copyright © 2013 PORTA DOS SUSTOS