quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

MISSA DO 1º MÊS DE ANTÓNIO MANUEL CARDOSO "NENE"


Informamos que a missa do 1º mês de António Manuel Cardoso "Nene", vai se realizar amanhã na igreja de Alcochete por volta das 18: 30h.

Foto: D.R. Maria João Mil-Homens 

APRESENTAÇÃO DA TEMPORADA NA PALHA BLANCO - "O TOIRO E A ARTE"




No próximo dia 24 de Março pelas 19:00 horas nas Arcadas da Praça de Toiros Palha Blanco em Vila Franca de Xira será apresentada a temporada tauromáquica do emblemático tauródromo com o desígnio “O Toiro e a Arte”.

A temporada será composta por 5 Corridas de Toiros, 4 Espetáculos de

Promoção aos Jovens – Novilhadas e Variedades Taurinas - bem como outros espetáculos que serão apoiados por uma envolvente cultural denominada Círculo Taurino Praça de Toiros Palha Blanco.



Convidamos todos os aficionados a estarem presentes.

Foto: D.R. Emilio de Jesús 




terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

IX FESTIVAL TAURINO DA RÁDIO CAMPANÁRIO A 10 DE MARÇO


APRESENTAÇÃO DA TEMPORADA DE 2018




A Apresentação da Temporada 2018, terá lugar na Arena do Campo Pequeno, dia 8 de Março às 18h00, sendo seguida por um cocktail e convívio. Iram ser revelados os cartéis já definidos para 2018 e as condições para os lugares

de Abono a praticar este ano. 





segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

GALA DO MOÇO FORCADO


CRÓNICA DO COLÓQUIO REALIZADO NA AZAMBUJA


Teve lugar ontem no Auditório Municipal em Azambuja mais um colóquio organizado pela Tertúlia Festa Brava, teve como apresentador e moderador Mauricio Vale, como convidados estiveram presentes João Santos Andrade (Associação Nacional criadores Toiro de Lide), Nuno Pardal ( Associação Nacional de Toureiros Portugueses), Miguel Alvarenga (Farpas Blogue) e Luís Miguel Pombeiro (Jornal Olé).
O colóquio começou com uma extraordinária apresentação e explicação sobre o regulamento por parte de Mauricio Vale, afinal esse era mesmo o tema “Salvar a Tauromaquia Portuguesa é Salvar os Novilheiros! Cuidado com o regulamento”.
Mauricio Vale começou a sua abordagem dizendo que à já pelo menos 3/4 anos que tenta fazer um colóquio sobre esta situação mas nunca foi fácil até que agora a Tertúlia Festa Brava decidiu colocar este tema em cima da mesa e em boa hora o fez!
Mauricio Vale começou dizendo que o maior objectivo de um novilheiro é ser Matador de Toiros mas como as dificuldades são imensas muitos deles acabam como bandarilheiros.
Posso vos dizer que o colóquio de ontem foi extraordinário, para além de ficarmos todos a saber que existe um regulamento completamente absurdo em que o que nele existe jamais se consegue colocar em prática em Portugal, chegámos também à conclusão que se existe vontade dos nossos jovens em serem matadores de toiros de facto esse sonho não passa por Portugal.
Foi também mencionado a discrepância que existe por exemplo nas categorias entre cavaleiros e os novilheiros, havendo na arte a cavalo a categoria de cavaleiro praticante e de cavaleiro de alternativa, no que respeita na arte a pé, existir o novilheiro praticante, novilheiro e matador de toiros.
Isto para não falar das 25 novilhadas exigidas aos novilheiros, tudo isto se torna impensável quando em Portugal quase não existem novilhadas.
A análise que tiro de tudo o que ouvi e que eu mesma expliquei publicamente é que é muito triste nós portugueses aceitarmos tudo, ora vejamos neste momento temos três matadores em Portugal António João Ferreira, Manuel Dias Gomes e Nuno Casquinha, o único que mesmo assim vai tendo algumas oportunidades (poucas) é Manuel Dias Gomes, os outros são figuras lá fora já que no seu país ninguém lhes dá as devidas oportunidades.
Só vos digo o ano passado do muito que vi no Campo Pequeno de toureio a pé vos garanto que não esqueço a BRILHANTE actuação de Manuel Dias Gomes que colocou a praça de pé!!!
Desta forma deveria também ter sido convidado para estar presente ontem o presidente da APET, é obrigatório que os nossos empresários saibam dar oportunidades ao que é nacional, digo e repito muito se falou de valor mas ninguém consegue valor sem ter oportunidades!!!
Não só do regulamento se falou, acima de tudo foi colocado em cima da mesa também o futuro da nossa festa e é urgente lutar por ela de forma activa não só comprando bilhetes para corridas...
Mais uma vez parabéns à Tertúlia Festa Brava pela iniciativa e que mais se repitam com temas necessários a serem discutidos.
Parabéns a toda a mesa que de forma bem positiva intervieram no assunto em questão!!!
Saudações taurinas 
Lara Veiga Vicente

domingo, 25 de fevereiro de 2018

SOCIAL: AULA PRÁTICA EM AZAMBUJA NO DIA 24 DE FEVEREIRO











AULA PRÁTICA EM AZAMBUJA NO DIA 24 DE FEVEREIRO










































 
Copyright © 2013 PORTA DOS SUSTOS