quinta-feira, 5 de abril de 2018

Prótoiro elogia envolvimento dos estudantes de Viseu, Coimbra e Évora na cultura taurina



A Prótoiro - Federação Portuguesa de Tauromaquia elogia a decisão dos estudantes da Universidade de Évora em manter a garraiada no âmbito da Queima das Fitas. Ao recusar a realização de um referendo, proposto por lobos em pele de cordeiro, cujo objetivo é impor a sua ideologia, a academia eborense dá um sinal de elevação e demonstra a vitalidade de valores como a tolerância, o respeito e a salutar convivência com diferentes opiniões.

É de realçar o envolvimento cívico dos estudantes na preservação das tradições académicas e na defesa de uma verdadeira universidade plural e inclusiva. São disso exemplo os milhares de alunos em Viseu, Coimbra e Évora que não abdicam da liberdade individual de poderem escolher, sem
condicionalismos impostos por minorias extremistas.

A mobilização destes estudantes, imunes a constrangimentos de radicais, deixa antever um futuro risonho para a democracia. São a prova de uma clara e inequívoca renovação geracional da cultura taurina.


 
Copyright © 2013 PORTA DOS SUSTOS