terça-feira, 22 de maio de 2018

CRÓNICA DA CORRIDA DO MONTIJO - POR JOSÉ LUIS FIGUEIREDO


A monumental AMADEU AUGUSTO DOS SANTOS, foi no passado sábado, ponto de encontro para milhares de  aficionados , que marcaram presença na VI  edição da já tradicional corrida de toiros da Raporal / Stec e em boa hora o fizeram pois assistiram à uma excelente corrida de toiros.
             
CAMPEÃO DO MUNDO 
No início da corrida, Nuno Canta presidente da edilidade local, agraciou o cavaleiro GILBERTO FILIPE que recentemente se consagrou campeão mundial de equitação de trabalho.
                          
TOIROS 
Foram lidados, seis exemplares de VINHAS  que deram bom jogo e proporcionaram aos intervenientes  boas condições para o desempenho da sua função. 
                    
CAVALEIROS 
A lide a cavalo ficou a cargo de GILBERTO FILIPE  que selou a sua passagem pela monumental montijense com duas actuações de bom nível.
FILIPE GONÇALVES, também ele em bom plano, sobretudo no seu segundo com ferros que empolgaram  a assistência. 
Mas a hora é de MOURA CAETANO que após excelente actuação no Campo Pequeno, voltou a triunfar fortemente, perante toiros de características bem diferentes, numa demonstração inequívoca que tem soluções e moral para uma temporada triunfal.
                  
FORCADOS 
As pegas ficaram a cargo dos AMADORES DO MONTIJO pelos quais foram solistas JOÃO PAULO DAMÁSIO, JOSÉ PEDRO SUÍSSAS na pega da tarde e HÉLIO LOPES. 
A GONÇALO CATALÃO um excelente forcado que esteve em dia não, MANUEL PINTO e JOÃO MACHACAZ coube a honra de representar os AMADORES DE ALCOCHETE. 

NOTAS FINAIS 
LUÍS ALVES, fabuloso primeiro ajuda dos AMADORES DO MONTIJO, lesionou-se fortemente na primeira intervenção e ficou claro que o grupo montijense não tem ninguém, mesmo ninguém que possa colmatar  ausência do seu "abono de família ".

José Luís Figueiredo 
 
Copyright © 2013 PORTA DOS SUSTOS