terça-feira, 1 de maio de 2018

CRÓNICA DA NOVILHADA DO CAMPO PEQUENO - POR JOSÉ LUÍS FIGUEIREDO

Foram muitos, muitos mesmo os aficionados que marcaram presença na monumental apoiando dessa forma esta louvável iniciativa, de oportunidade a jovens toureiros e também a grupos de forcados "menos vistos".

No plano artístico o resultado ficou aquém das expectativas. 

                         CAVALEIROS  


ANTÓNIO PRATES - Perante um novilho de António Silva que investia por direito e com nobresa, de todos os terrenos, até mesmo dos curros  Prates descorou a brega, dando primazia  aos ferros a câmbio, alguns de belo efeito alternados com outros menos conseguidos.


Soube a pouco, Prates vale muito mais. 


RICARDO CRAVIDÃO - O novilho não era fácil,  mas... muito pouco, quase nada.


SORAIA COSTA - Uma agradável surpresa, desembaraçada, lidou o novilho com saber, chegou à bancada. 

Triunfo sonoro.

                       FORCADOS


Em praça três grupos de menor presença em corridas de toiros, a quem a empresa quis também dar oportunidade. 


AMADORES DA MOITA - Perante a bondade do novilho, Fábio Silva não complicou. Pega fácil. 


AMADORES TERTÚLIA TAUROMAQUIA DO MONTIJO - Já o vimos bem em anteriores ocasiões, mas na arena da catedral, Luís Carrilho esteve mal, não mandou  na investida, recebeu mal "inventou" dificuldades. 


AMADORES ARRUDA DOS VINHOS - Foi

solista o experiente Pedro Belmute que
mandou na investida, reuniu com prefeição mas... na viagem  saiu  (foi sacado por um colega) da cara do novilho. Não repetiu.

                      NOVILHEIROS

SÉRGIO NUNES - Muito nervoso, demasiados erros, actuação pouco convincente. 


JOÃO D'ALVA - Recebeu de joelhos à porta da gaiola, mostrando ganas de triunfo, bandarilhou, mas... com a muleta

cometeu erros que eram evitáveis precisa de apurar a audição.


LUÍS SILVA - Perante um novilho de sonho de Paulo Caetano, Silva mostrou ofico,  toureou com temple e serenidade.

Grande triunfo. 


RUI JARDIM - Muito nervoso, alternou bons momentos com outros menos conseguidos.

Actuação pouco consistente.

José Luís Figueiredo 


 
Copyright © 2013 PORTA DOS SUSTOS