quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Crónica da corrida de Paio Pires


A corrida, levada a efeito no passado dia 3 de Agosto em Paio Pires, foi na minha  (e não só) opinião a corrida da temporada, não no plano artístico, nesse aspecto, que me perdoem os intervenientes, foi apenas e só mais uma com bons momentos e outros menos  conseguidos, foi simplesmente porque se tratou de uma inauguração (foi tudo feito de novo) de uma praça de toiros, um local de culto para os aficionados, toureiros e forcados da região que são  muitos e marcaram presença neste acto solene e enriquecedor da cultura lusitana.  Como aficionado ficarei eternamente grato a todos os que lutaram, remando contra ventos e marés  para que Paio Pires volte a fazer parte do roteiro cultural deste lindo e aficionado País à beira mar plantado.

Inaugurar uma praça de toiros ou qualquer outro monumento que respeite a cultura e tradição secular de um povo é e será sempre um acto histórico que engrandece uma nação, não é nem deve ser (como alguns defendem ) uma resposta àquela meia dúzia de Pan........s

que ousam incomodar-nos com grunhidos, gestos obscenos e sobretudo com um odor nauseabundo  ( têm alergia à água) .
Essa.... gente?... precisa de outro tipo de resposta.

Viva Portugal 
José Luís Figueiredo 


 
Copyright © 2013 PORTA DOS SUSTOS