terça-feira, 18 de setembro de 2018

Grupo de forcados Amadores de Montemor repete no campo Pequeno a 20 de Setembro



Depois do êxito alcançado a 5 de Abril, o Grupo de Forcados Amadores de Montemor repete no Campo Pequeno, a 20 de Setembro, em nova competição com os Amadores de Santarém, com o qual mantém uma rivalidade histórica, temperada por fortes laços de amizade entre os seus membros.

Considera-se que a primeira apresentação do Grupo de Forcados Amadores de Montemor teve lugar no dia 4 de Setembro de 1939 na praça de toiros da vila de Montemor-o-Novo, sob o comando do seu cabo fundador, Simão Malta.

De então para cá, já envergaram a sua jaqueta rubra mais de 320 elementos, tendo o Grupo participado em espectáculos em todos os continentes, honrando a sua cidade, o Alentejo imenso onde estão inseridos e por diversas vezes o seu próprio país.

António Vacas de Carvalho veste de forma emotiva e transmitida por João Cortes a jaqueta de Cabo no dia 1 de Setembro de 2013. É hoje o 10º Cabo da história do Grupo de Montemor e o responsável por manter bem vivo este ambiente singular e inesquecível.

Tendo como Madrinha a Nossa Sra. da Visitação, padroeira da cidade, os dez cabos do grupo tiveram sempre sob sua chefia, jovens valorosos que, com a sua arte, valentia, espírito de entreajuda, sacrifícios sem limite e uma sã amizade, contribuíram para dar continuidade ao Grupo e colocá-lo na primeira fila dos Forcados Portugueses.

Arriscando a vida, sofrendo algumas colhidas bastante graves, que deixaram marcas, mas que tornam o espírito único e que fazem com que exista um nunca mais acabar de parentescos a envergarem a jaqueta do Grupo. Mesmos sem os laços de sangue, a amizade profunda que liga aqueles que algum dia, fizeram parte desta comunidade de bravos, estará presente para sempre.

Com a formação do grupo ou integrando selecções de forcados, os elementos do Grupo de Forcados Amadores de Montemor dignificaram, por mais de uma vez, a arte de pegar toiros no seu país e além-fronteiras. Que o diga aqueles que os viram actuar nas arenas de Portugal, Espanha, França, Macau, México, Estados Unidos da América, Canadá, Indonésia e Grécia.

Juntamente com o Grupo de Forcados Amadores de Santarém, capitaneado por João Grave, o grupo de Montemor virá pegar toiros da ganadaria de Mário e Herdeiros de Manuel Vinhas, que serão lidados pelos cavaleiros João Moura Caetano e Duarte Pinto.

Esta corrida ficará também marcada pela despedida da afición portuguesa do matador de toiros espanhol Juan José Padilla, que lidará dois toiros de Herdeiros de Varela Crujo.
 
Copyright © 2013 PORTA DOS SUSTOS