sexta-feira, 2 de novembro de 2018

CRÓNICA DA ÚLTIMA DA TEMPORADA EM ÉVORA - POR JOSÉ LUIS FIGUEIREDO


A arena de Évora,  foi no passado domingo palco para a última corrida da temporada. Corrida bem agradável, para o qual contribuíram de sobremaneira os
toiros de Passanha Sobral que na generalidade cumpriram proporcionando a toureiros e forcados, excelentes condições para alcançar o triunfo. 

CAVALEIROS 
RUI SALVADOR - Boa actuação, limpa, sem toque, alguns bons ferros como que a dizer "contem comigo".
LUÍS ROUXINOL - Excelente brega ...
Aquele Douro é imenso, parece um capote, na ferragem esteve em plano superior ... dispensável (penso eu) aquele par de bandarilhas.
GLIBERTO FILIPE - Boa actuação, boa brega coroada com ferros de perfeita execução.
BRITO PAES - Boa brega, boa preparação das sortes, bons ferros mas... O que se passou no de palmo? Falta de ginásio ou de arrimação? 
DAVID GOMES - Brega bem conseguida? perante um toiro sério com cinco anos, na ferragem esteve bem mas ... Quem tem aquela máquina (cavalo) pode e deve por um pouco mais a "carne no assador" Senão! ?...
ANTÓNIO PRATES - A par de Luís Rouxinol foi o triunfador, brega espectacular e "mandon", ferros de excelente execução os últimos curtos em sorte frontal foram de parar o coração, mas ... não saiu na hora certa 
deu ouvidos a um "entendido" que perdeu uma boa oportunidade para estar calado.
FORCADOS 
Em praça dois dos melhores grupos  (alguém tem dúvidas? ) da actualidade 
AMADORES DE ÉVORA e AMADORES DE ALCOCHETE que cumpriram a missão sem grandes dificuldades, no plano individual destaque para o eborense JOÃO MADEIRA um consagrado forcado de caras, que desta vez foi rabejador, meus senhores, desde as atempadas entradas até às saídas senhoriais, caminhando lentamente, com classe e arte sem desplantes circenses e para o alcochetano MANEL PINTO, que mostrou mais uma vez o porquê de ser um dos melhores da actualidade. 

P'RÓ ANO HÁ MAIS 
Um abraço 


José Luís Figueiredo 
 
Copyright © 2013 PORTA DOS SUSTOS