quinta-feira, 18 de julho de 2019

VIDEO PROMOCIONAL DA CORRIDA DE AMANHÃ NA NAZARÉ






Amadores de Santarém: Referência na arte de Pegar Toiros



Mais de um século de atividade ininterrupta (104 anos) fazem do Grupo de Forcados Amadores de Santarém o mais antigo e, porventura, a mais importante referência da Arte de Pegar Toiros.
No próximo dia 25, estarão no Campo Pequeno para pegar um curro imponente da ganadaria Murteira Grave, uma das de maior prestígio no mundo taurino, que este ano comemora as suas "Bodas de Diamante".
É profunda a ligação da família Murteira Grave ao grupo de Forcados Amadores de Santarém, por onde passaram já, ao longo de três gerações, oito dos seus elementos, dois dos quais como cabos: Carlos Grave (1981-1996) e o atual, João Grave (desde 2016).
Em 1942, fardou-se pela primeira vez pelo grupo, aquele que viria a ser o titular da ganadaria, Joaquim Murteira Grave. Posteriormente, os seus filhos João Grave, Manuel Grave e Joaquim Grave (atual ganadero), além de Carlos Grave, vestiram igualmente a jaqueta deste grupo.
Netos de Joaquim Murteira Grave são os forcados António Grave de Jesus (já retirado) o atual cabo, João Grave e o forcado Joaquim Grave II.
Nesta importante apresentação no Campo Pequeno, o grupo dos Amadores de Santarém irá competir com os Amadores de Coruche, capitaneado por José Macedo Tomás.
A lide equestre está a cargo dos cavaleiros João Ribeiro Telles, Francisco Palha e Luís Rouxinol Jr.

NO PRÓXIMO SÁBADO CUMPRE-SE A TRADIÇÃO EM SÃO CRISTÓVÃO


Um ano mais a localidade de São Cristóvão recebe no próximo sábado - 20 de julho pelas 22:00 horas -, a sua tradicional corrida de toiros integrada nas festas em honra de São Cristóvão e São Sebastião. 

A XXXI edição da corrida conta com um cartel de luxo onde pontificam as presenças dos cavaleiros Luis Rouxinol, João Telles, o praticante Joaquim Brito Paes e o amador Tristão Telles Guedes de Queiróz, assim como dos forcados amadores de Montemor e Coruche, numa noite em que se lidam
exemplares de Jorge Mendes (5 toiros)  e David Ribeiro Telles (1 novilho).

Não falte a esta magistral corrida e mantenha a tradição das celebres corridas de toiros de São Cristóvão.

E NA CAPITAL, HÁ CORRIDA NA PRAÇA DE TOIROS DO CAMPO PEQUENO ÁS 21.45H, A 25 DE JULHO.



15 DE AGOSTO, COMO SEMPRE, HÁ CORRIDA EM REGUENGOS.



quarta-feira, 17 de julho de 2019

SÁBADO, 20 DE JULHO EM SÃO CRISTÓVÃO, A TRADICIONAL CORRIDA DE TOIROS EM HONRA DE S. CRISTÓVÃO E S. SEBASTIÃO.



LÁ BEM NO NORTE - EM URRÓS, CORRIDA DE TOIROS Á PORTUGUESA DIA 17 DE AGOSTO.



EM TOMAR, A 9 DE AGOSTO: BASTINHAS, ROUXINOL JR E PRATES.



NA TERRUGEM GONÇALVES, CAETANO E NÚNCIO A 3 DE AGOSTO.




EM CORUCHE A 17 DE AGOSTO:



O CARTAZ PARA 2 DE AGOSTO NO COLISEU DO REDONDO.



SEXTA-FEIRA GRANDE CORRIDA NA NAZARÉ


VEJA OS TOIROS A SEREM LIDADOS EM PAIO PIRES









DIA 8 DE AGOSTO NO CAMPO PEQUENO


100 ANOS DA PRAÇA DE TOIROS DA CHAMUSCA

No passado dia 12/07/2019, no Casal do Vale Formoso, na Chamusca,
realizou-se a apresentação oficial da Corrida do Centenário da velhinha
Praça de Touros da Chamusca. Viveram-se momentos de convívio taurino e
partilha de esperança para esta que irá ser, a corrida mais importante da
temporada.

A mesa presidida pelo Provedor da Santa Casa da Misericórdia, Nuno Castelão
e o seu Mesário, Pedro Ribeiro, contou com a presença do Cavaleiro Rui
Salvador, representando os cavaleiros profissionais que irão atuar, Pedro
Gomes, Cabo do Grupo de Forcados Amadores de Lisboa, João Saraiva e Tiago
Prestes, pelo Aposento da Chamusca, Dr. João Santos Andrade, Presidente da
Associação Portuguesa de Criadores de Toros de Lide, representando as seis
ganadarias a concurso, Dr. Luís Capucha, representante da Associação das
Tertúlias Tauromáquicas de Portugal.

Foi comum em todas as intervenções, o carinho que os artistas têm pela
Praça da Chamusca e a ambição de vir a triunfar neste dia histórico para
esta Vila e para o seu Concelho.
Este jantar foi integrado no Congresso Internacional da Tauromaquia, que se
realizou durante os dias 11, 12 e 13 do presente mês, com intervenções de
elevado valor científico.

Foi ainda referida que existirá um Programa de Variedades alusivas ao
centenário, que terá início pelas 21 horas.





25 DE JULHO: JOÃO RIBEIRO TELLES NO CAMPO PEQUENO

João Ribeiro Telles: dia 25 de Julho no Campo Pequeno para referendar os êxitos desta temporada

Depois dos êxitos em arenas espanholas, com particular destaque para Madrid (feira de Santo Isidro) e Alicante, e nas portuguesas de Coruche e Moura, João Ribeiro Telles vem a 25 de Julho ao Campo Pequeno, para referendar estes triunfos obtidos dos dois lados da fronteira.
Na sua forma de tourear, João Ribeiro Telles concentra a irreverência e a ambição inerentes à sua juventude, aliando-as à maturidade de quem vive o ambiente do toiro e do cavalo desde a mais remota infância.
De seu avô, Mestre David e de seu pai, João Palha Ribeiro Telles, herdou os primores da equitação e a capacidade de misturar o classicismo do seu toureio com uma grande capacidade de renovação, sem abdicar dos princípios fundamentais, aprendidos e cimentados na "Universidade da Torrinha". A estas capacidades, aliam-se a necessária ambição para se afirmar como um dos mais importantes cavaleiros da sua geração.
Nesta sua apresentação no Campo Pequeno, lidará toiros da ganadaria Murteira Grave, uma das mais importantes, a nível nacional e internacional e que, esta temporada, comemora 75 anos de atividade, alternando com Francisco Palha e Luís Rouxinol Jr., estando as pegas a cargo dos grupos de forcados amadores de Santarém e de Coruche, respetivamente capitaneados por João Grave e José Macedo Tomás.


ACTUALIZAÇÃO DO ESTADO DE SAÚDE DO NOSSO JOSÉ LUÍS FIGUEIREDO


O nosso querido José Luís Figueiredo foi operado hoje na fundação Champalimaud, onde está internado desde as 8h30 da manhã.
A cirurgia, teve a duração de 6h e correu melhor que o esperado.
Ainda não acordou, pois recebe ainda os últimos cuidados necessários após uma cirurgia tão complexa.
Mas tudo vai no bom caminho.
Força campeão, estamos todos contigo.
Actualizaremos o seu estado de saúde assim que se justificar. 



terça-feira, 16 de julho de 2019

SAMORA EQUESTRE - A PRIMEIRA EDIÇÃO


" Exmos. Srs.

   É com sentimento de orgulho e satisfação que termina o I Samora Equestre, decorrido no passado fim de semana.

   Pela primeira vez, Samora Correia reuniu as coudelarias da sua freguesia num só espaço, levando estas algumas das suas éguas afilhadas para exposição.



   No concurso do poldro mamão participaram 21 animais, 17 lusitanos e 4 cruzados, tendo sido a seguinte classificação:

Lusitano Classe I
José Pereira Palha
Pintura
João Pedro Rodrigues
Piri-Piri
Soc. Das Silveiras
Paris
Companhia das Lezírias
Piegas das Lezírias
Lusitano Classe II
Madaleno Lusitanos
Pamplona
Marco Sousa
Papoila
Oliveira Irmãos
Pandora
Coudelaria Farto
Prenda 57
Cruzada



Conde Cabral
Piri-Piri
Madaleno Lusitanos
Pampilho
Conde Cabral
Principe
André Nunes
Porsche

   Na disputa de campeão da feira, venceu a poldra Pintura de José Pereira Palha. 



   A Feira abriu com um colóquio onde se debateu a influencia do cavalo em Samora Correia, tendo como oradores João Pedro Rodrigues, Francisco Palha, Joaquim Madaleno, Pedro Farto, João Gonçalves  e João Braga a moderar. 


   
   Contamos também com uma apresentação dos cavaleiros de Samora, tendo sido homenageados os cavaleiros Nuno Vicente, Pedro Farto, Ricardo Vinhas Reis e João Gonçalves, que são reconhecidos não só a nível nacional, mas também internacional. 


   
   Um dos pontos altos do evento, foi o cortejo pelas ruas da cidade, onde estavam juntos cavaleiros amadores, campinos, campeões de equitação de trabalho, dressage e um cavaleiro da Escola Portuguesa de Arte Equestre. 



Foram também homenageados os cavalos Joselito, ferro Sociedade das Silveiras e Zinque das Lezírias, ferro Companhia das Lezírias, como reconhecimento de tão longe levaram o nome de Samora Correia.


Não podemos deixar de agradecer aos nossos criadores, cavaleiros, patrocinadores, visitantes, media e a todos os que tornaram possível a realização do I Samora Equestre, ficando desde já a promessa de que voltaremos em 2020.

Melhores cumprimentos, 
A organização"

COMUNICADO DOS FOTÓGRAFOS TAURINOS



Face aos ataques de que fomos alvo nas redes sociais, após a divulgação de imagens resultantes dos incidentes ocorridos na corrida de toiros de Coruche, no passado dia 6 de julho, Nós Fotógrafos Taurinos, vimos por este meio tomar uma posição clara, que nos permita marcar a diferença e ainda de nos distanciar de atitudes em que não nos revemos e que levam à deturpação da imagem da tauromaquia.
Informar, sim! A qualquer custo, não! 
Não podemos passar por cima de qualquer um apenas para usufruir de euros ou visibilidade.
Carácter, humanismo, valores, mas acima de tudo afición, distinguem-nos dos demais. 
Estamos unidos com um único propósito, a divulgação, promoção e defesa da tauromaquia, sem nunca desrespeitar os artistas, os animais e o publico.
TEMOS ORGULHO EM SER DIFERENTES!
A divulgação/venda/cedência das imagens das colhidas na corrida de Coruche, pela nossa interpretação, devem ser mostradas, mas ao contrário de outros julgamos que uma ou duas fotos com critério o fazem na perfeição e não da forma massiva como foram divulgadas.
O respeito pelos artistas e animais deve ser um dever fundamental. 
Informar, sim! A qualquer custo, não! 

Somos conscientes, somos pela verdade, seja na trincheira ou nas bancadas
TEMOS ORGULHO EM SER DIFERENTES!
A TAUROMAQUIA, PARA ALÉM DE PAIXÃO É A NOSSA RAZÃO!

Fazemos milhares de quilómetros, atrás dos nossos toureiros, forcados e toiros, com o dever de bem informar.
Não queremos ver constantemente a tauromaquia a ser atacada pelos anti taurinos, mas pior é ver ser maltratada por alguns dos “nossos” que se dizem profissionais.
Nós, amadores, mas bem formados e defensores de uma cultura que tanto amamos, somos diferentes.
Estamos unidos e defenderemos sempre a Festa Brava e a todos os intervenientes que connosco "compartilhem cartel".
Informar, sim! A qualquer custo, não! 

Os abaixo assinados:
Maria João Mil-Homens (Porta dos Sustos)
Armando Sousa Alves (Forcadilhas e Toiros)
João Silva (Sol e Sombra)
João Carvalho (Forcadilhas e Toiros)
Mónica Santa Bárbara (Forcadilhas e Toiros)
Sofia Almeida (Tauronews)
Florindo Piteira (Piton a Piton)
Pedro Batalha (Naturales)
Bárbara M. da Costa (Porta dos Sustos)
Mónica Mendes (Porta dos Sustos)
Francisco Mira (Tauronews)
Nuno Almeida (Tauronews)
Ana Direito (Forcadilhas e Toiros) 
José Canhoto (Aficionados de Portugal)
Miguel Calçada 
Fernando Clemente (Parar Templar Mandar) 
Francisco Potier Dias
Fernado José 
Nuno Goes ( Taurodromo)
Estevão Nunes ( Carregar a Sorte )
Luis Miguel Pombeiro  (Jornal Olé )
João Duarte (Campo Arena) 

CONTAMOS COM O APOIO DE TODAS AS ASSOCIAÇÕES DO SECTOR TAUROMÁQUICO.




Murteira Grave: 75 anos de história



A Ganadaria Murteira Grave, fundada em 1944, por Manuel Joaquim Grave, avô do atual proprietário, celebra este ano as suas "Bodas de Diamante", efeméride que constitui um dos pontos altos da temporada do Campo Pequeno.
É desta ganadaria o magnífico curro de toiros que será lidado na próxima corrida do Campo Pequeno, a 25 de Julho, pelos cavaleiros João Ribeiro Telles, Francisco Palha e Luís Rouxinol Júnior e estando as pegas a cargo dos grupos de forcados Amadores de Santarém e de Coruche.
No dizer do seu atual proprietário, Joaquim Manuel de Vasconcellos e Sá Grave, trata-se de "uma corrida bem feita, não exagerada em tamanho, como gosto de lidar".
"Não faz falta dizer o sentido de responsabilidade que me assalta na hora de escolher os toiros que irão para o Campo Pequeno. Sinto que a afición espera muito esta corrida. Nos últimos anos a divisa tem-se saído bem neste compromisso", refere Joaquim Grave.
O ganadero recordou que "foi em 1951 que a ganadaria lidou o seu primeiro toiro, de nome "Sevilhano", no Campo Pequeno. Lidou-o o saudoso João Branco Núncio, o 'Califa de Alcácer', primeiríssima figura e génio do toureio a cavalo. De então para cá foram já 257 os toiros lidados em Lisboa vindos da Herdade da Galeana", a exploração solar do efetivo.
A ganadaria estreou-se em Évora, a 29 de Junho de 1950, e tem como antiguidade o seu debute na Monumental de Madrid, a 21 de Julho de 1964. Nesta praça os toiros da Galeana registaram, desde então, vários triunfos.

MARCOS ACTUA NA PRAÇA ONDE O PAI TIROU A ALTERNATIVA


Na noite de 20 de Julho, pelas 21h30, a Arena  D’Évora recebe uma Grandiosa Corrida de Toiros à Portuguesa que homenageará o falecido e eterno Maestro Joaquim Bastinhas e será apresentado, em Portugal, o rejoneador Guillermo Hermoso de Mendoza, filho de Pablo Hermoso de Mendoza, que também actua na mesma noite.  
Para o cavaleiro, Marcos Bastinhas, esta noite é muito especial pois Évora é a "praça da alternativa do meu pai, uma praça especial, uma noite emocionalmente intensa, cheia de ilusão e responsabilidade, por apadrinhar a estreia do Guillermo, no nosso país!", revela Marcos. E finaliza: "Vai ser uma corrida de sentimentos, pois é uma praça muito especial. Tenho a certeza que vai ser mais uma corrida a marcar a temporada e espero que Évora esteja esgotada para esta grande noite". 


CARTA ABERTA À FAMÍLIA, AOS AMIGOS E A TODOS OS QUE ME AMAM - POR JOSÉ LUÍS FIGUEIREDO


Meus queridos, chegou a hora de voltar a envergar a jaqueta, tocou-me em sorte um toiro de má índole, de instintos traiçoeiros e assassinos, daqueles que fazem secar a boca. Estou consciente das dificuldades, sei bem, todos sabemos que na arena, perante o toiro o triunfo anda de mãos dadas com a tragédia, não sei prever o futuro, esse a DEUS pertence, mas sei que vou saltar à arena de peito aberto, sem tremeliques, sem securas confiante nos meus atributos, tudo farei para triunfar quiçá  mesmo sair em ombros, mas ...há sempre um mas, se falhar, se tombar, cairei de pé, com dignidade, honrando a nosso jaqueta. 


VAI POR NÓS ... VENHA O TOIRO .

José Luís Figueiredo

DIA 21 VAMOS MOSTRAR AFICION E ENCHER A PRAÇA PÓVOA DE VARZIM


segunda-feira, 15 de julho de 2019

DIA 20 DE JULHO EM ÉVORA: A GRANDE HOMENAGEM!


CONHEÇA OS TOIROS A SEREM LIDADOS DIA 2 DE AGOSTO NO REDONDO




DIA 26 DE JULHO CORRIDA DE TOIROS EM SALVATERRA DE MAGOS


 
Copyright © 2013 PORTA DOS SUSTOS