quarta-feira, 26 de junho de 2019

"NO CARTAXO AO SOM DE BASTINHAS"




A corrida realizada no passado dia 22 de Junho, registou uma boa afluência de publico para presenciar um espectáculo, cujo cartel foi composto por 6 cavaleiros, tendo sido lidado um curro com ferro e divisa Mata-o-Demo, que cumpriu á excepção do saído em ultimo lugar, tendo o terceiro proporcionado a volta ao ganadero. Quanto aos Grupos de Forcados pegaram os Amadores  Cascais, Coimbra e Cartaxo, tendo os da cidade do Mondego ganho o troféu em disputa. Quanto ás lides João Moura esteve em plano regular, Manuel Telles Bastos alternou bons momentos com outros não tão conseguidos, sendo no entanto saldado a sua actuação com nota positiva. Marcos Bastinhas despoletou a emoção na arena e nas bancadas, com uma actuação de "cabo a rabo" com nota superior, tendo arrebatado para si o troféu para a melhor lide. Duarte Pinto foi outro dos cavaleiros a destacar-se, com uma lide sempre em crescendo, cobrando bons ferros, gerou o consenso da assistência que o aplaudiu. Miguel Moura dentro do seu estilo, deu a volta ao oponente, "agarrando-o" logo de inicio nos compridos, seguindo depois na mesma senda nos curtos. Parreirita Cigano não teve sorte no sorteio e verdade também é que o cavaleiro "não se encontrou". Uma actuação sem história. Quanto ás pegas sã competição dos Grupos pelo troféu em disputa. Por Cascais pegaram Rui Grilo e Carlos Dias. Nos Amadores de Coimbra foram caras Pedro Casalto (melhor pega), o cabo Pedro Silva que foi dobrado por Carlos Matos, após violenta colhida do primeiro. Pelo Cartaxo pegaram o cabo Bernardo Campino dobrando Fábio Beijinho. No ultimo da noite Miguel lesionou-se tendo pegado Emanuel Doto.

                                                                                              Firmino Martins




 
Copyright © 2013 PORTA DOS SUSTOS