sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Manuel Dias Gomes: "O Campo Pequeno é para sonhar e fazer sonhar

Manuel Dias Gomes: "O Campo Pequeno é para sonhar e fazer sonhar"



"O Campo Pequeno é uma praça para sonhar e fazer sonhar", assim define o Matador de Toiros Manuel Dias Gomes a Monumental de Lisboa.

"No Campo Pequeno tenho lançado os dados sobre a mesa para poder abrir caminho como toureiro", relembra o diestro, que tem a sua carreira profundamente ligada a esta praça, "desde novilheiro, onde em diversas temporadas fui considerado Melhor Novilheiro, até à minha última corrida nesta praça em 2017 com Juan José Padilla em que fui máximo triunfador".

Sobre a corrida da próxima sexta-feira, no Campo Pequeno, antevê-a como " de máximo compromisso e competição" .

Para competir com Manuel Dias Gomes, estarão os matadores António João Ferreira e João Silva "Juanito" (o mais recente Matador de Toiros Português), que lidarão um curro da ganadaria Calejo Pires, estreante no Campo Pequeno.

"Somos três jovens que queremos cada um marcar a sua posição. Embora de corte artístico parecido, cada um de nós tem a sua personalidade. O primeiro triunfo para toureiros, ganadero e aficionados consiste na expectativa que a corrida está a gerar... ‪A ganadaria Calejo Pires, uma das mais recentes ganadarias portuguesas que em pouco tempo conseguiu prender a atenção dos aficionados portugueses e de certos profissionais. É uma corrida séria com trapio. Uma corrida própria para se lidar a pé e com garantias", antevê Manuel Dias Gomes.

 
Copyright © 2013 PORTA DOS SUSTOS