segunda-feira, 2 de setembro de 2019

CRÓNICA DA CORRIDA DE SANTO ESTEVÃO - POR JOSÉ LUIS FIGUEIREDO


Fruto do empenho e aficion de João Salvação "Ninan", que actualmente habita e exerce a sua actividade profissional, nesta aficionada povoação, no concelho de Benavente. Santo Estevão foi no passado sábado palco para uma interessante corrida de toiros. 
Foram lidados seis seis bravissimos toiros de RIBEIRO TELLES  com apresentação quanto baste, pese em alguns uma manifesta falta de poder. ANTONIO RIBEIRO TELLES - Estupendo, jogou forte, duas actuações dignas de uma monumental, tudo bem feito a empolgar a bancada. GILBERTO FILIPE -Em época triunfal, voltou a afirmar bem alto que merece maior presença nas arenas nacionais. MARCOS BASTINHAS, que esta temporada está a realizar uma excelente temporada, não esteve em Santo Estevão ao seu melhor nível, levou muitos e evitáveis toques, melhores dias virão. 
Nas pegas, a cargo dos AMADORES DE SANTARÉM, foram solistas Fernando Montoya que consumou apenas à quarta tentativa, por culpa própria, recuava pouco permitindo ao hastado dureza na reunião, Luís Seabra e António Saramago concretizaram sem dificuldades. 
Pelo APOSENTO DO BARRETE VERDE DE ALCOCHETE foram protagonistas João Armando, que a jogar em casa concretizou à segunda perante os seus conterrâneos que o mimaram com enorme ovação, Diogo Amaro na melhor pega da tarde e António Filipe que se estreou e bem público executaram as restantes. 
Parabéns à organização e até PRÓ ANO.

Um abraço
José Luís Figueiredo    
 
Copyright © 2013 PORTA DOS SUSTOS