quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Setembro fabuloso no Campo Pequeno




A empresa do Campo Pequeno propõe aos aficionados dois dos mais importantes e atractivos cartéis da temporada tauromáquica portuguesa, nos dias 5 (quinta-feira) e 27 (sexta-feira).

Na próxima quinta-feira a arena do Campo Pequeno será cenário para uma corrida de enorme significado, pois nela virá confirmar a Alternativa à "Catedral Mundial do Toureio a Cavalo", Guillermo Hermoso de Mendoza, rejoneador espanhol, filho de Pablo Hermoso de Mendoza. Pablo é, sem dúvida um caso ímpar de "comunhão" com o público de Lisboa. E assim será, por certo, também com Guillermo. Completa o cartaz, nada mais que António Ribeiro Telles, o mais clássico dos cavaleiros tauromáquicos em actividade, em temporada triunfal, fruto de uma maturidade artística apenas ao alcance dos eleitos.
Será uma noite de competição entre cavaleiros, mas também um interessante confronto de estilos, sob o "denominador comum" da arte de tourear a cavalo. Competição que estará igualmente presente através das intervenções dos grupos de Forcados Amadores de Alcochete e Amadores do Aposento da Moita do Ribatejo, capitaneados respectivamente por Nuno Santana e Leonardo Mathias. Serão lidados e pegados seis magníficos toiros de uma das mais importantes ganadarias portuguesas: a ganadaria Passanha.

A 27 de Setembro, sexta-feira, celebra-se outro grande acontecimento no Campo Pequeno: os 75 anos de actividade do Grupo de Forcados Amadores de Lisboa, fundado pelo inesquecível Nuno Salvação Barreto, figura que catapultou o grupo para as mais importantes praças de toiros de Portugal, Espanha e França. Pode, sem sombra de dúvida dizer-se que, ao longo da sua existência, o Grupo de Lisboa espalhou pelo mundo a coragem, a magia e a valentia da Arte de Pegar Toiros. Pegarão seis magníficos toiros da ganadaria Pinto Barreiros, a ganadaria triunfadora da temporada de 2018, no Campo Pequeno.
Vai viver-se na arena um grande ambiente de competição entre três jovens cavaleiros que, na presente temporada, têm propiciado em enorme e saudável ambiente de rivalidade: João Moura Júnior, João Ribeiro Telles e Francisco Palha. Em final de temporada e levando em conta o desempenho de cada um deles, esta corrida chega no momento ideal e no espaço apropriado: no momento, por corresponder a um pico de alta dos respectivos desempenhos artísticos; no local, por ser na primeira praça do país.

Estas são as apostas da empresa do Campo Pequeno para que Setembro fique na memória dos aficionados com um mês de corridas fabulosas.
 
Copyright © 2013 PORTA DOS SUSTOS