sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

DOMINGO DE PÁSCOA EM SÃO MANÇOS

Na sequência da organização da Tradicional Corrida de Toiros no domingo de Páscoa em São Manços, esta ano a 12 de Abril20, novamente em formato Concurso de Ganadarias, seguindo a formula de sucesso alcançado nos anos anteriores, e sendo nossa intenção apresentar o Toiro como elemento de extrema importância neste espectáculo, selecionamos ganadarias onde a apresentação e imponência dos seus toiros são tradicionalmente uma garantia. Assim, informo os ferros selecionados:

- Veiga Teixeira(vencedor bravura/apresentação 2019).
- Passanha
- Fernandes Castro
- Cunhal Patrício 
- Calejo Pires
- Branco Núncio 

Todos os toiros tem 4 anos de idade e apresentação irrepreensivel. Selo de garantia em São Manços, a fazer jus ao slogan - "O Toiro é Rei em São Manços"


SÓ HOJE BILHETES PARA DIA DA TAUROMAQUIA HOJE COM 20% DESCONTO

Promoção exclusiva para os bilhetes do Festival Taurino termina às 24h.


Os bilhetes para o Festival Taurino do Dia da Tauromaquia, que decorre no dia 29 de Fevereiro no Campo Pequeno, estão hoje a ser vendidos com 20% de desconto, anuncia a marca Touradas, da Protoiro.
A promoção aplica-se a todos os bilhetes, podendo estes serem comprados em
www.ticketline.pt ou www.diadatauromaquia.pt O cartel completo para o festival misto é composto pelos cavaleiros António Telles, Ana Batista (que inicia a comemoração dos 20 anos de alternativa), Francisco Palha e Luís Rouxinol Jr. e os matadores de toiros Nuno Casquinha e João Silva "Juanito". Os 4 toiros para a lide a cavalo pertencerão à ganadaria David Ribeiro Telles e serão pegados pelos Forcados Amadores de Santarém e de Lisboa. Os 2 novilhos para a lide a pé serão da ganadaria Calejo Pires.
Este é um dia único no ano, durante o qual estão previstas diversas iniciativas, com o intuito de celebrar e levar a cultura tauromáquica a vários públicos. Para além da animação ao longo do dia e atividades pedagógicas para todas as idades, estão garantidos concertos de fado, pasodobles e cante alentejano, flamenco, pop/rock, um espectáculo equestre,

recortadores, demonstrações de toureio e pegas, aulas de toureio, palestras, diversas exposições, uma after party e muitas novidades, num dia para toda a família. Todas as actividades serão de acesso livre, com exceção das que decorrem na arena durante a tarde. O Programa completo será revelado nos próximos dias.



DIA 7 DE MARÇO EM ALCOCHETE


Dados bombásticos sobre touradas



Sondagem nacional que a Protoiro encomendou à Eurosondagem para sabermos a opinião dos portugueses sobre Touradas. Os dados são muito muito positivos. *86,7% aprova as Touradas em Portugal. *

Pode saber tudo em










COMUNICADO PRAÇA DE TOIROS DE CORUCHE




quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

MISSA DE SÉTIMO DIA PELA ALMA DE JOSÉ LUIS FIGUEIREDO



Será no próximo sábado, dia 1 de Fevereiro, pelas 18h30, na Igreja de Alcochete, que ser rezada a missa de 7º dia, pela alma do nosso querido José Luis Figueiredo.

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

GRANDIOSO FESTIVAL TAURINO NA GRANJA - DIA 8 DE FEVEREIRO


DIA 29 DE FEVEREIRO É DIA DA TAUROMAQUIA

Contrariando o que inicialmente se falava, que o dia da tauromaquia (Bullfest) seria realizado de 2 em 2 anos, a plataforma Touradas, resolveu repetir já este ano a III edição do evento taurino "Dia da Tauromaquia".
Mais uma vez realizado na Praça de Toiros do Campo Pequeno, em ano bissexto, exactamente no dia que faz a diferença, 29 de Fevereiro.

Venha também fazer a diferença e traga amigos, familiares e mesmo não aficionados, para que se possam decidir com conhecimento.

Veja aqui o programa:



ACREDITAR NA VIDA - DIA 14 DE MARÇO EM BEJA


SANTARÉM TEM JÁ CARTEIS E ABONOS PARA VENDER!

3 GRANDES CORRIDAS DE TOIROS, 3 ABONOS DISPONÍVEIS.

COMPRE JÁ O SEU!




É JÁ ESTE SÁBADO EM MOURÃO, NÃO VAI FALTAR!

ESTAMOS TODOS A CONTAR OS DIAS QUE FALTAM PARA ESGOTAR MOURÃO! 

É JÁ ESTE SÁBADO!



segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

CARTA DE SUSANA FIGUEIREDO PARA O SEU PAI - JOSÉ LUIS FIGUEIREDO

A Susana, é a menina do Zé e escreveu estas palavras sentidas ao seu Pai, o nosso Zé Luís. 
Tá visto que para além do feitio igual ao Pai, herdou também o seu dom para a escrita. 
Obrigada Susana pela partilha e muita fé e força para suportar a dor da ausência. 
Foto e texto- D. R. /Facebook Susana Figueiredo 





Decerto agora sim, sinto-me sózinha... Pois certamente serias aquele que nunca me viraria as costas.

Tenho um nó na garganta que me embarga as palavras... A dôr é desmedida.

Estou ainda incrédula, pela tua partida repentina... Não era pra ser assim pai. Não depois de tantas lutas.
Falámos umas horas antes da tua partida e disseste com a voz ofegante "Até amanhã filha, beijinhos aos meninos".

Ainda havia tanto para dizer, tanto para fazer. Tínhamos tanta coisa combinada.

O meu contador de histórias, o meu herói desmedido... O meu colo. O meu refilão.

Há menos de um mês á minha revelia telefonaste em tom de aviso a uma pessoa que me incomoda constantemente: "... Olha que ela, ainda têm pai!"

Sempre de peito aberto em minha defesa e dos teus.

E quando "chocávamos" por divergências de ideias... Uiiii! O dono da razão! Tão teimoso como eu... Até fazíamos faísca.
"Tens o feitiozinho do teu pai!" dizia a minha santa mãe, e eu retorquia "Ainda bem, pelo menos assim, ninguém me pisa".

Longe de ter tido uma infância dita normal... Mas decerto especial.

Nesse teu mundo que muitas vezes competia com o tempo em família.

Lembro-me de me sentar ao teu colo para ouvir as tuas histórias desde cedo... Não a do capuchinho vermelho e da Cinderela como as outras crianças... Mas as peripécias dos fuzileiros e dos forcados. E deliciava-me.

Não me mascaravas de princesa... Mas sim, de forcado.

No verão não era á praia que me levavas, mas a corridas de touros.

As tardes de lazer eram passadas nos treinos dos forcados... Os meus parques de diversão foram trocados por Lezirias.

Uma ida ao cinema era facilmente substituída por uma ida a uma tertúlia ou a uma casa de fados.

Até uma simples ida á feira às tuas cavalitas para andar nos carrosséis era uma aventura... Um caminho com paragens constantes porque conhecias gente sem fim e perdias-te nas conversas.

E cresci assim, nesse mundo tão teu e também fiz dele um pouco meu. E adorava.

Cedo me habituei a: "És filha do Zé Luís Figueiredo?"

Sim, sou... Aquela miúda pequena que descia a rua das largadas no cavalo do campino Figueiredo e que ia com o pai e o amigo Zé da Singer procurar no campo o toiro que tinha fugido nas largadas...
Que ia para o Aposento noites intermináveis com a Sá e o Fernando... E para o café da Londres até às tantas.
Aquela miúda que adorava andar no "carro com os cornos" e as cobras á solta do amigo Machinó.
Aquela miúda que fazia os piqueniques em família na Barroca, rodeada de toiros.
Aquela miúda que te aplaudia de pé a cada pega e por vezes te visitava no hospital e estreava o gesso com um desenho pitoresco.

Depois chegou a adolescência... Talvez a fase mais conturbada da nossa relação.
Sim, porque ser filha do Zé Luís aos 18 anos não foi pêra doce...

Toda a gente o conhecia, nomeadamente porteiros e seguranças de bares e discotecas.
Sentia-me na casa mais vigiada do país...
A primeira vez que fui ao Freiras Bar ouço uma voz familiar "Susana, o teu pai sabe que estás aqui?" era o meu querido Silvino e eu pensei... Nem aqui.

Rapazes pra se aproximarem de mim, nem que fosse pra conversar... Uiiii, tinham de ser corajosos.
Aquele homem com um simples olhar varria um Km. Como eu ficava fula.

Eu cresci e pouco mudou. Tu sempre a opinares e eu sempre a discordar.
Mas uma coisa é certa, foi sempre um amor desmedido.

Aprendi muito contigo e o orgulho de ser tua filha, ninguém mo tira, como penso que te orgulhavas de ser meu pai.

Vibravas com as minhas vitórias, como ninguém.

As coisas menos boas... Dáva-nos forte... Mas passava depressa.

E agora? Quem me vai dar na cabeça?
Parece que te estou a ouvir, de cada vez que puxava um cigarro: "Devia doer-te os dentes, cada vez que acendes um cigarro..." E reviravas os olhos e hiperventilavas.

Uns meses antes da tua doença, a minha vida tinha descambado, armei-me em forte e... Caí desamparada.
Ergueste-me, levantaste-me o queixo e disseste:"Não voltes a baixar a cabeça á vida! És minha filha e eu, estou aqui."

A promessa ficou feita e será sempre cumprida... Apesar de já não estares aqui. Sempre que precisar do teu socorro, vou erguer os olhos para cima e procurar-te.

O lugar do meu contador de histórias ficou vazio, mas ficam as memórias. ❤️

A ti Isabel, tu sabes adoro-te e o meu pai não poderia têr feito melhor escolha para companheira de vida e de luta.
Ser-te-ei sempre grata.

domingo, 26 de janeiro de 2020

DIA 11 DE ABRIL HÁ CORRIDA DE TOIROS EM ALPALHÃO


OLIVENÇA RECEBE A 30ª FEIRA TAURINA

Veja os cartéis:


AULAS PRATICAS DE TOUREIO A PÉ NA DANIEL DO NASCIMENTO

Aulas praticas que se vão realizar na Praça de Touros Daniel do Nascimento na Moita nos dias 8 e 15 Fevereiro.


PÚBLICO MARCOU FORTE PRESENÇA NA APRESENTAÇÃO DOS CARTÉIS DE SANTARÉM

Por António Lúcio:



Se dúvidas houvesse, à presença de toureiros, ganadeiros e forcados, somou-se uma importante presença popular para assistir à apresentação dos cartéis da temporada 2020 em Santarém na Monumental Celestino Graça e que foi precedida por uma curta apresentação e exibição do Grupo de Folclore Académico de Santarém.
Importantes foram as palavras de Diogo Palha e de Diogo Sepúlveda, ambos da empresa Praça Maior, na abordagem que fizeram ao ainda curto mas importante trabalho de recuperação do prestígio da praça e nos agradecimentos e reconhecimento aos que acreditaram no projecto que este ano terá nova prova de fogo. É que se no ano passado fomos 25000 a marcar presença na praça, espera-se que este ano sejamos muitos mais.
E a presença e discurso do Presidente da Câmara Municipal de Santarém quanto á defesa da nossa cultura, identidade e liberdade, assim como a referência à importância económica da festa brava com cerca de 1 milhão de euros a ficarem na economia local e o empenho em que 2020 seja um ano de sucesso, não passaram ao lado e foram fortemente aplaudidas as suas palavras.

Assim, Santarém terá 3 corridas de toiros em 2020 conforme se segue:

22.MARCO – 16H00 – CORRIDA DAS FESTAS DA CIDADE
Rui Fernandes, João Ribeiro Telles, Luís Rouxinol jr
Forcados de Santarém e Aposento da Moita
Concurso de ganadarias: Palha, Veiga Teixeira, Murteira Grave, Canas Vigoroux, Calejo Pires, Mata-o-Demo

7.JUNHO – 17H30 – CORRIDA DOS AGRICULTORES CAP
António Telles, João Moura Jr
Forcados de Santarém (105º aniversário)
6 toiros Dr. António Silva

10.JUNHO – 17H30 – CORRIDA DO DIA DE PORTUGAL
João Ribeiro Telles, Francisco Palha
Forcados de Santarém e Évora
Julian Lopez “El Juli”
4 toiros Veiga Teixeira e 2 toiros Gracigrande



Fotos: D.R. António Lúcio














SÁBADO TAURINO COM O JACOBO BOTERO NIETO






















































































































































 
Copyright © 2013 PORTA DOS SUSTOS